0

Olut

2014-01-29 13.12.16

Dentro de um shopping da parte nobre da cidade, surge este bar com diversas cervejas do mundo inteiro. Mas o que brilha mesmo são as chopeiras, 4 no total. Os chopes sofrem rodízio, mas as figuras quase permanentes são o La Trappe Quadrupel, o Erdinger Weiss e o Weihenstephaner Vitus. Todos extremamente frescos, e com sabores notáveis em relação às versões engarrafadas. Sempre que passar lá, pergunte o que tem nas torneiras!

2014-01-29 12.41.31

A variedade de copos é impressionante. Para qualquer tipo de cerveja, você tem um copo correspondente, que permite uma experiência sensorial diferente! Ok, pode parecer frescura, mas é firmeza!

2014-01-29 12.41.14

A cozinha é um show à parte! Uma variedade enorme de petiscos pra matar a larica de vez, pra não dizer um almoço executivo caprichado. Eu ia encher aqui só de comidas, mas sugiro a Trouxinha de Mortadela, uma delícia! Se a fome for maior, peça o Stout Burger, mas cuidado que o bicho é bruto!

2014-01-29 12.44.49 HDR

Dentro do Olut mesmo, tem um grande balcão, que é sempre legal para se sentar sozinho, e puxar conversa com os atendentes. Se for de mais gente, tem duas mesinhas na parte de dentro, e de fora sempre se podem usar as mesas do shopping, o que deixa ideal para um grupo maior. Aliás, essa é uma outra grande vantagem, de estar situado no shopping e poder pedir outras comidas dos estabelecimentos vizinhos. É comum vermos o pessoal harmonizando com comida japonesa, do Kanpai!

2014-01-29 13.12.01Não vejo defeitos lá. O preço não é exorbitante, em relação ao mercado de Goiânia, mas é um pouco mais caro. Mas o ambiente compensa essa diferença. A parte de dentro é climatizada, a seleção musical é sempre boa. Dá um pulo lá pra conhecer! E como sempre digo, vai nos chopps primeiro, sempre é melhor você experimentar a mesma cerveja que você toma na lata/garrafa de uma maneira difente!

Olut Foursquare

Av. T-4, 466 – Setor Bueno, dentro do Shopping Buena Vista – (62) 3920-1316 – De segunda a sábado, das 10:00 até o último cliente e domingo das 12:00 até o último cliente.

Anúncios
0

Belgian Dash

2014-01-28 19.10.18 HDREste pub pioneiro em Goiânia é fruto da paixão de Paulo Zorzetti, que começou e mantém uma tradição de boas cervejas especiais desde 2006. No coração do Setor Sul, se esconde este paraíso de malte, lúpulo e cevada.

2014-01-21 19.10.10

É um lugar aconchegante, com espaço tanto para casais, grandes grupos de amigos, ou para o bebedor solitário, que senta no balcão e toma seu pint de Guinness para apreciar o movimento. Aliás, o chopp Guinness é tirado da forma correta, com aquele tempo entre as tiradas para o colarinho ficar na medida certa! Com certeza, minha escolha para tomar essa irlandesa deliciosa aqui em Goiânia!

2014-01-21 19.41.17

Sem dúvida, é uma segunda casa para mim, com uma boa variedade de cervejas nacionais e importadas, com destaque para o xodó do Paulo: as belgas e as trapistas. Isso sem falar do cuidado que a casa tem em abastecer Goiânia dos melhores chopps importados, com a prata da casa (ou seria o ouro negro), a Guinness, como torneira exclusiva e fixa. A rotatividade é grande, já passaram Tripel Karmeliet, Delirium Tremens, Golden Carolus Classic e Tripel, Lucifer e várias belgas excelentes! Ah, quase quebrei quando teve a Colorado Vixnu on tap…

2014-01-21 19.05.38

A casa tem uma predileção maior pelas belgas. É uma seleção invejável, com várias opções para você quebrar apreciar qualquer variação de fermentadas, entre dubbels, tripels, quadrupels, lambics, ales em um modo geral. E como foi dito em relação aos chopps, direto as torneiras jorram belgas deliciosas!

2014-01-21 19.10.55

Para encher o buraco do dente, é preciso calma para navegar no vasto cardápio. Eu gosto muito do mix de salsichas e linguiças, bem sortido, preço em conta, mas menos complexo que o mix só de salsichas alemãs. Tinha um bolinho de gorgonzola, que foi experimental… ERA MUITO BOM! Infelizmente não vingou. E ainda no ramo dos embutidos, recomendo a linguiça de cordeiro! A mostarda alemã mata um pouco do charme da tripel, mas, é minha percepção! Essa picância da linguiça casou bem com a Chimay Tripel (e com a Affligem Tripel também… Ah, harmonizações…)

2014-01-28 19.48.58

De vez em quando erram na mão na temperatura correta de serviço das cervejas (mais gelada que o padrão). Mas nada que comprometa a qualidade da cerveja, basta dar um tempinho para ela dar aquela “esquentada” estratégica! Muitos reclamam dos preços daqui, mas sem querer fazer uma análise centavo a centavo, o espaço tem seu valor! Mesmo que algumas sejam mais caras (o que nem sempre é verdade) vale muito curtir o ambiente de pub do Belgian Dash. O escurinho do bar é aconchegante (viu que repeti esse termo? Porque é!), sempre com um bom jazz ou blues de fundo. Goiânia agradece!
2014-01-21 19.41.53

Belgian Dash Foursquare

Rua 91 A, 184 – Setor Sul – (62) 3218-6792 – De segunda a sábado, das 15:00 às 23:00

0

Cerveja com rótulos diferenciados para Goiânia

ATUALIZADO: Veja no fim do post!A primeira impressão é de ser uma medida educativa, louvável até, similar à ação realizada com a indústria tabagista. Acima temos um exemplo de como a medida seria implementada. Ok, é informativo, faz o sujeito pensar, pode até prevenir acidentes através da conscientização. Conscientizar é necessário, mas isso traz transtornos imensos para quem produz e distribui cerveja. Imagine fazer rótulos diferenciados apenas para Goiânia?

A lei municipal nº 9374, de autoria da vereadora Cida Garcêz, sancionada em Goiânia, determina a exibição, nos rótulos das bebidas, de imagens de acidentes de trânsito envolvendo motoristas embriagados. O G1 Goiás postou uma notícia referente a essa lei. E existe a proposta de uma lei federal, de 2012, mas que ainda não recebeu atenção…

Mas em defesa dos profissionais que fazem e distribuem cerveja, este blog se posiciona contra essa determinação, válida apenas para a cidade de Goiânia, de que latas e garrafas de cerveja tenham informações estilo “se beber não dirija”. Não somos contra as medidas educativas, principalmente sendo extremamente pertinentes quanto à saúde e segurança de quem bebe. De forma alguma! Mas sejamos realistas: existem maneiras melhores de fazer isso! Sem querer fazer mea culpa, nos perguntamos se adiantou alguma coisa com os cigarros… O ponto é: conscientização! É preciso fazer!

porta-cerveja

Um bom exemplo é colocar essas mesmas informações em isopores térmicos de cerveja. Sejamos realistas: ninguém consegue beber e deixar a garrafa ou lata ao relento, esquentando. Uma opção interessante, mais econômica e que deve surtir mais efeito.
Ficam sugestões como colocar essas medidas educativas em isopores de garrafa, forros de mesa de bares, folhetos informativos, realização de teatros itinerantes e propagandas de TV e rádio constantes.

ATUALIZAÇÃO: Do G1 Goiás, “O Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) concedeu uma liminar considerando inconstitucional a lei municipal nº 9374, que determina a exibição, nos rótulos das bebidas comercializadas em Goiânia, de imagens de acidentes de trânsito envolvendo motoristas embriagados. A desembargadora Amélia Martins de Araújo considera que a questão não é de competência do município, mas da União. Na decisão, ela apontou ainda que a lei fere a liberdade de expressão comercial e desrespeita o princípio da proporcionalidade.” Veja a notícia completa, com o vídeo da matéria abaixo.

materia-g1-cerveja

 

0

Rash Bier

Do lado de fora, você acha que é um bar moderninho, situado dentro de um sobrado no Setor Bueno. Mas ao adentrar, a guitarra invade seus ouvidos, e a decoração remete aos acordes mais selvagens do rock, bem como às cervejas mais variadas.

2014-01-19 23.04.03 HDR

2014-01-17 20.24.23O espaço é amplo, tem 3 ambientes, incluindo um balcão onde os clientes se sentam para assistir o que rola na TV, desde séries da Warner como eventos esportivos (oi, NFL e UFC). Tá, EU fico lá pra ver Big Bang Theory e Friends…

2014-01-24 19.37.57

E conversar com o Adriano, figuraça, sempre atencioso, sempre dando boas dicas sobre cerveja. E não vamos esquecer da Bruna, a companheira fiel, que também está sempre atendendo bem os clientes. Não deixe a cara feia dele te assustar… É só aparência de metaleiro de butique (acho que ele vai cuspir na minha cerveja a partir de hoje…)

2014-01-24 19.56.36

Sempre rolam eventos, encontros, o espaço é muito bom! Tem uma piscina, mas é raramente liberada para clientes, apenas em eventos especiais. Bem como uma churrasqueira. Ah, bom lembrar, eles moram lá! Então a estrutura de casa tem seu motivo de ser. O banheiro pode ser um caminho tortuoso, mas depois de umas na cabeça, pode ser pior ainda! Ele fica no segundo andar, e tem a pegadinha de um degrau antes. Mas já vi inúmeros bares com caminhos piores para esvaziar a bexiga. Só suba e desça apoiando na parede, ok?

2014-01-24 18.27.34

A cozinha é simples, mas atende bem. Bolinhos fritos variados, mas o destaque é para a maionese! Pede um repeteco, se acabar… o Rodrigo vai rosnar, mas vale a pena: a maionese é excelente (Parabéns, Bruna!)

2014-01-19 21.37.41 HDRE tem os mini-hamburgueres, não para matar a fome, mas para forrar o estômago, e aproveitar bem as cervejas! E olha que são muito bons, com a mesma maionese dos bolinhos! E vem muita batata frita!

2014-01-25 21.14.23E pensa num hamburguer no ponto exato? Estava perfeito! Macio, bem suculento!
2014-01-25 21.14.34

Em matéria de rótulos, o Rash Bier apresenta uma boa variedade, entre belgas, americanas e alemãs, as que se destacam são as brasileiras, e principalmente aquelas dedicadas ao rock. Na última contagem, eles dispunham de todas, inclusive da ACDC e da Trooper. Rock na veia e no fígado, cara!

2014-01-24 19.55.07

Por ser um espaço novo, eles ainda têm um longo caminho para formar uma clientela fiel (ok, EU já estou fidelizado!). Dada a grande oferta de bares (Aleluia!) na cidade de Goiânia, só com mais tempo para eles se consolidarem no panorama cervejeiro. Mas tem de tudo que eu preciso: boas cervejas, bons petiscos, bom atendimento e muito rock!

Rash Bier Foursquare

Av. T-3 – Setor Bueno – (62) 3086-4928 – De domingo a quinta, das 18:00 às 00:00 e de sexta a sábado, das 15h às 1:30

1

Território do Cervejeiro

Venha e entre: a casa é sua! Parece que saiu de um programa de TV, mas é desse jeito que você se sente neste pequeno misto de bar e empório de cervejas especiais. Rodrigo Peixoto, proprietário e o seu melhor amigo na noite, é responsável por deixar os clientes tão à vontade. Entende tudo de cerveja, e entende dos gostos dos clientes, se desdobra em esforços para explicar os mais de 200 tipos de cervejas disponíveis.

2014-01-26 12.38.52 HDR

Apesar de não ter uma cozinha dedicada, no Território você pode pedir uma tábua de queijos, azeitonas e presunto, para petiscar. E tem porção de amendoins, salgadinhos industriais e, o mais informal de todos, você pode ir n´O Empadão T2 ao lado e acabar com a larica!

2014-01-26 11.46.24

2014-01-18 00.11.06

Depois de muita rasgação de seda, vamos analisar criticamente o lugar? Apesar de você se sentir em casa, é uma casa pequena e QUENTE, por causa dos freezers que ficam lá. A pedida é ficar em mesinhas do lado de fora, apreciando o movimento frenético da T2. Mas sempre falta espaço, e às vezes, o jeito é ficar em pé, esperando uma mesa desocupar.

2014-01-21 20.14.36 Alguns problemas? Sim! Mas vive cheio! Qual o segredo? Seria o preço? Ou o atendimento? Ou a grande variedade de rótulos? Ou as figurinhas carimbadas que sempre batem ponto lá? Amigo, uma dica: só indo lá e frequentando para você descobrir! E não estranhe se lá virar seu segundo lar, nada difícil com a simpatia e atenção do Rodrigo e da Lorena!

2014-01-25 00.10.28

Território do Cervejeiro Foursquare

Av. T2, 1950 – Setor Bueno. Em frente ao Objetivo.

0

As 5 melhores cervejas do mundo

Esta é uma tradução do post original do Blog About Beer. Perdão ao autor Logan Thompson se ocorreram pequenas alterações no texto, para melhor entendimento dos leitores brasileiros (“Sorry to the writer Logan Thompson if there were minor changes in the text, for better understanding of Brazilian readers”)

Onde quer que você procure na Internet, irá perceber que as pessoas adoram listas. Estamos sendo bombardeados com “Top 10 disso” e “7 Melhores daquilo”, e ainda assim eles são tão viciantes que você quer clicar só para saber se concorda.

Não é diferente no mundo cervejeiro onde você encontra listas como “15 Melhores IPAs” e “As 7 Melhores Stouts do Mundo”.

Eu não tenho nada contra esses tipos de posts, de forma alguma, que querem celebrar algumas cervejas excelentes. No entanto, dizer que uma cerveja é “a melhor” de qualquer categoria, não faz sentido para mim.

Primeiramente, a cerveja é subjetiva. O que é o melhor para mim não é necessariamente o melhor para você. Todos nós temos diferentes paladares e o que eu posso achar atraente sobre uma cerveja, você pode detestar. Também, quanto mais cervejas você bebe, mais o seu paladar começa a mudar.

Eu me lembro quando tinha acabado de sair da faculdade e ainda bebendo Coors Light. Um dia experimentei minha primeira IPA. Tendo dificuldade para beber meu copo, descobri que era muito amarga para mim. Se fosse uma garrafa da Pliny the Elder, da Russian River, eu provavelmente não conseguiria beber tudo e também não iria apreciar. Anos depois, meu paladar mudou consideravelmente. Hoje você não consegue ser amargo o suficiente para meu gosto (ou me fazer beber Coors Light de novo).

Anos atrás, uma cerveja na lista das melhores provavelmente nunca entraria hoje na lista das 50 melhores, mesmo que a cerveja em si não tenha mudado.

Além de ser subjetiva, existem muitas cervejas no mundo inteiro para considerar uma delas como a melhor.

Só nesta semana a Brewers Association dos Estados Unidos anunciou que no fim de 2013, mais de 2700 cervejarias estavam em funcionamento em solo norte-americano, com mais e mais sendo criadas diariamente.

Como alguém poderia dizer qual é a melhor IPA produzida nos EUA? Entre as ofertas regulares das cervejarias e lançamentos sazonais, estou adivinhando que existem facilmente 5000 American IPAs sendo produzidas anualmente. Dessas, a maioria não é engarrafada, então você tem que viajar bastante e beber muito para para experimentar todas. Enquanto isso pode ser um desafio divertido para alguns, seria impossível para compará-las no fim do dia, já que você estaria muito bêbado para julgar.

Enquanto essas listas são apenas para diversão, listas mais informativas deveriam incluir cervejas excelentes que as pessoas deveriam experimentar. Um dos meus posts de quatro anos atrás (que precisa ser atualizado) listou 10 cervejas do Oregon que as pessoas precisam experimentar. Não são as 10 melhores, são apenas 10 cervejas que eu gostei de tomar na ocasião. Continuar lendo

1

Bares em Goiânia

Sempre que possível, evitamos falar cerveja de verdade, ou mesmo cervejas especiais, mas de vez em quando, é mais fácil do que explicar em 2 minutos toda uma filosofia. Me perdoem, chatos e plantão, mas uso sim, para não ter que citar o antigo testamento… mapa-praça-civicaEnfim, moro em Goiânia, terra de mulher bonita, boteco e sertanejo rock! A oferta de cervejas comuns aqui é imensa, em cada esquina da cidade tem um boteco! Mas, graças à revolução cervejeira, mais e mais bares são abertos, e aumentando a oferta de boas cervejas, sem que tenhamos que importar de outros estados, ou mesmo comprar via internet. Vamos à lista mais desejada da terra do pequi? Continuar lendo