0

Mania de checkins

Lembra do Untappd? É, aquele brinquedinho-rede-social que usamos para fazer checkins de cervejas, assim como o povo faz checkins em lugares (Oi, Foursquare, foda-se Swarm).untappd-badge-500

Como já disse anteriormente, ele, acima de tudo, é uma rede social. Serve basicamente para difundir aspectos da cultura cervejeira, como informações sobre a cerveja que você está bebendo, sobre quais cervejas são bebidas em determinados locais, e, para 90% dos usuários, OSTENTAR!untappd-badge-newbrewthursday

Ok, não vamos discutir isso muito. O fato é que ele serve muito para me lembrar se tomei ou não uma cerveja, e quais impressões tive dela. Acho esse o principal motivo de usar ele, além de ostentar pacas!!! hahaha!!!

Continuar lendo

Anúncios
0

1 Ano, 365 dias, 61 postagens, 233 curtidas… e muito chão pela frente!

Oficialmente, a primeira postagem foi no dia 12 de janeiro, mas a ideia nascente foi no dia 24 de dezembro. Até estava esquecendo, quem me lembrou foi o Registro.BR, me lembrando de pagar o domínio… sunglasses emoticon

Bom, no título está o resumo da coisa. Não sei se fiz o suficiente, mas olhando para trás, dá pra saber que posso melhorar muito. Reassumindo o foco em coisas devidas, sem querer virar apenas um veículo de publicidade gratuito (ou pago, obrigado pelos patrocinadores!), a ideia é realmente difundir e popularizar mais ainda a cultura cervejeira.

garrafa-cerveja-caseira-artesanal

Com o blog, além de divulgar minhas experiências com viagens, degustações, homebrewing (fazer cerveja, aprendam, meninos e meninas), quero que todos aprendam mais sobre esse universo. Meu resumo desse ano que está indo embora? Aprendi e ensinei muito sobre cerveja, tanto bebendo como fazendo. Puxões de orelha? Sempre estou aberto!

A todos que me acompanham, me dão força, um sincero obrigado! E vamos que 2015 promete ser mais puxado que nunca! E que a fonte nunca seque!

cartela-isbeer-1-ano

0

Carta de Intenções dos Blogueiros Brasileiros de Cerveja

Bom, não sei se estou fazendo certo, mas vamos lá! Afinal, não estamos aqui para brincadeira, no máximo, para diversão!wink emoticon

bbc_marca_alpha

Segue um trecho da Carta de Intenções dos Blogueiros Brasileiros de Cerveja:

Os Blogueiros Brasileiros de Cerveja (BBC) entendem que a divulgação da cultura cervejeira e a análise do mercado cervejeiro devem obedecer a princípios fundamentais de ética, liberdade de expressão e responsabilidade.

Sendo assim, os integrantes do BBC passam a assumir perante o público os seguintes compromissos:

– De fornecer informações e opiniões isentas de influências comerciais indevidas, devendo ser expressas claramente quaisquer condições de produção do material que possam afetar essa isenção;

– De incentivar, em suas manifestações online e offline, o consumo responsável de bebidas alcoólicas;

– De identificar, sem exceções e com o devido destaque, a autoria e a fonte dos materiais (textos, vídeos, imagens) usados que não sejam de produção do responsável pelo blog e seus eventuais colaboradores;

– De indicar de forma objetiva, adotando quaisquer abordagens e nomenclaturas que julgarem convenientes, a forma de produção das cervejas apresentadas em resenhas e reportagens, distinguindo nitidamente as bebidas caseiras das comerciais;

– De adotar práticas condizentes com as boas intenções expressas neste documento, buscando o convívio harmonioso e o fortalecimento da união de esforços com os demais integrantes do grupo.

Confira o documento na íntegra aqui!

Nem precisa desenhar, né? Fora um ou outro detalhe, é a essência do que um blogueiro deve ser, incluindo o total respeito ao assunto, que é a cerveja, e o ato de beber de forma responsável.

Pois é, sendo assim, vou me incluir formalmente nessa patota, que tanto contribui para a cultura cervejeira brasileira, que cada vez mais se firma no cenário mundial! E que a fonte nunca seque, amigos!

4

Crônica

Companheira

cerveja-shutterstockNoite passada saí novamente para beber com uma amiga que acabara de conhecer justamente quando estava à procura de uma outra que muitos diziam ser minha inimiga, embora eu não conseguisse enxergar e engolir essa imagem que me pintavam dela.

Juntos ficamos por horas e horas, pulando de bar em bar. Encantado, perdi a noção do tempo e de lugar. No fundo, me encontrei em cada copo, quando me descobri totalmente perdido por ela.

Era assim, diferente de todas as que eu conheci. Paciente, me falou de tudo, contou sua vida inteira, me conquistou aos poucos como se fosse aquela a primeira e a derradeira vez.

Ainda bem que não era. Esta noite, e quantas outras que se sucederem ao dia, no hoje ou no amanhã, quero repetir a dose, até as tantas. Não concebo
mais meu giro pelos botecos, sem que ela esteja comigo, compartilhando o tempo e a mesa.

Hoje, com renovada satisfação, vou sair para beber com minha já velha amiga e companheira: Moderação.

Texto de Paulo Lima

0

Good night, Mr. Williams

You’re only given a little spark of madness. You mustn’t lose it.

(Você só é agraciado com uma pequena centelha de loucura. Você não deve perdê-la.)
Robin Williams

good-morning-vietnam-robin-williams

Ele teve problemas com alcoolismo, talvez isso que me motivasse a escrever sobre o assunto aqui no blog. Inclusive, procurando por algum lado bom que a cerveja pudesse estar envolvida com o ator. Infelizmente, não foi o caso… mas achei um texto interessante, na Forbes (em inglês), que cita bem o sentimento que tenho sobre ele, e como ele enfrentou esse problema. Em um jantar, o autor do texto encontrou o ator:

Uma mulher chegou e comentou com Robin que o marido dela acabara de entrar na reabilitação para alcoolismo, e ela perguntou se ele não teria alguma sugestão, dada a experiência de Williams. Ela estava claramente séria e triste. Ele fez uma pequena pausa e disse “você sabe, teve uma época que eu pensava que ter uma dieta balanceada era ter uma cerveja em cada mão“. Ela olhou para ele, um pouco confusa. Então ele disse “eu costumava pensar que Deus fez o álcool para que eu pudesse ter a chance de fazer sexo.”  Ela se acabou em gargalhadas. Nós ficamos conversando por uma hora falando sobre os riscos da dependência, com aproximadamente mais 20 piadas intercaladas. Era um assunto doloroso para Robin, e ele estava compensando com excessos de piadas.

O texto é muito interessante, se quiser ver a versão traduzida em português toscamente pelo Google Tradutor

Robin Williams nos deixou muito cedo. Mas as lições que ele ensina são atemporais. Seja autêntico. Seja implacável. E você também pode ser grande.

O que isso tem a ver com meu blog? O que tem a ver com cerveja? TUDO!

Eu vejo a cerveja mais do que um instrumento de embriaguez. Vamos nessa onda do beba menos, beba melhor, galera! O álcool embutido pode gerar muitos problemas de saúde. Moderação é a palavra. Eu respiro cerveja (ás vezes, literalmente wink emoticon), mas procuro a moderação sempre. Afinal, sabemos o que vira a falta de controle na hora de beber, né? Brincadeiras à parte, espero nunca perder um companheiro para o álcool ou drogas. E eu nunca vou me perder, ok? Vida longa e próspera!

0

Entre procuras, nomenclaturas e italianos

Este post é chato, off-topic, nerd e no mínimo cervejeiro. Inclusive deixo até a opção de quem quiser ler, que clique abaixo, para continuar lendo, diferente da maior parte dos que deixo completos na página do blog.

Tudo começou com a notícia de que a Bierland Stout tinha ficado entre as 10 melhores em um festival de cervejas na Itália! Vai, Brasil!!! E por curiosidade, quis saber em qual colocação ela tinha ficado, e quais outras cervejas brasileiras estavam presentes.

Continuar lendo