2

Como foi o Piri Bier?

Bora pegar estrada? Em nome da ACervA Goiana, rumo a Pirenópolis!

piribier-01

Um sucesso! Primeira palavra que define o evento!

Continuar lendo

Anúncios
0

Piri Bier

Tá fora do país e da Internet esse ano? Não ficou sabendo do Piri Bier?

piribier_festivaldecervejas_pirenopolis_slide2

Vai rolar em Pirenópolis (ou Piri, para os íntimos), histórica cidade goiana, famosa por suas cachoeiras, paisagens naturais lindas, e um ambiente urbano que parece esquecido no tempo, dada a conservação das casas, igrejas e monumentos históricos. Sim, tem muita história nessas ruas, além de muita diversão, boas comidas, e agora, muita cerveja boa! Continuar lendo

2

II Encontro Norte, Nordeste e Centro-Oeste de Cerveja Artesanal

Faço parte da diretoria da ACervA Goiana, a Associação de Cervejeiros Artesanais de Goiás. E nesse final de semana passado, junto com o VIII Festival Gastronômico e Cultural de Pirenópolis, foi realizado o II Encontro Norte, Nordeste e Centro-Oeste de Cerveja Artesanal.

Bat-caverna não é mais escondida que o Espaço do Vinho e da Cerveja...

Bat-caverna não é mais escondida que o Espaço do Vinho e da Cerveja…

O encontro foi uma oportunidade de confraternização entre as ACervAs destas regiões. Tivemos alguns problemas na organização, mas conseguimos um espaço excelente para divulgarmos nossa cultura! Estiveram presentes associados de Goiânia, Anápolis, Rio Verde, Mineiros, Ipameri, Brasília e Bahia, que aproveitaram para conhecer a cidade turística de Pirenópolis.

E não é que deu mais gente do que esperávamos?

E não é que deu mais gente do que esperávamos?

Além de podermos degustar várias cervejas artesanais produzidas pela galera, foi muito legal a troca de informações, experiências, e até de impressões sobre as cervejas degustadas. Afinal, nada pior para um cervejeiro caseiro escutar sempre “que cerveja boa, encorpada” ou “gostosa, hein?” Por mais doloroso que seja para o ego, precisamos escutar críticas, que nos permitam melhorar sempre. Claro, isso não vale para aqueles que acertam sempre…

Opa... tudo em cima, só a carbonatação que ficou meia boca!

Opa… tudo em cima, só a carbonatação que ficou meia boca!

Fizemos a brassagem de uma ESB, uma Extra Special Bitter (8C), do estilo inglês, com água do Rio das Almas (?) e pedras de Pirenópolis (?), tanto na fervura do mosto como na filtração e transferência para a panela de fervura. Ok, não perguntem, são métodos anciões que remetem à cultura pregressa pirenopolina… sunglasses emoticon

Ok, isso não se vê todos os dias... Vai ser fervida com o mosto!

Ok, isso não se vê todos os dias… Vai ser fervida com o mosto!

Tivemos alguns problemas comuns a quando se reúnem grandes grupos de pessoas, como “PRA ONDE ELES FORAM?” ou “EU NÃO VOU COMER AÌ!”, mas com bom humor, jogo de cintura e doses de boas cervejas, o encontro foi um sucesso! Aprendemos com os acertos e aprendemos mais ainda com os erros.

Prost, meus amigos!

Prost, meus amigos!

Sabe aquele arrependimento de não ter tentado? É, não tivemos! E que venham mais eventos! Tenho que agradecer a todos os envolvidos, que trabalharam de uma forma ou outra! E vocês têm que agradecer a mim, que emagreci 2kgs e estou todo quebrado… É um sobe e desce de cilindros de CO2, barris de cerveja, busca caneca ali, compra gelo ali… e nas ladeiras da cidade de Pirenópolis, com um sol estilo supernova… Bom, depois do sufoco, o alívio e a recompensa do esforço!